São Luiz do Paraitinga, do natural ao cultural

O que fazer em São Luiz do Paraitinga, a mais brasileira das cidades paulistas? Do natural ao cultural, a cidade apresenta um leque de opções para encantar os frequentadores.

Situada nas montanhas da Serra do Mar, entre Taubaté e Ubatuba, a cidade possui o maior acervo arquitetônico colonial paulista, com seus casarões de arquitetura colonial típica do século XIX. Na zona rural, ainda é possível encontrar algumas fazendas centenárias, com suas sedes  de taipa e pedra, caiadas de azul e branco. Este patrimônio preservado e tombado pelo IPHAN ainda abriga muitas famílias "luizenses", o que atribui uma maior importância à sua história e conservação.

O city tour pelo centro histórico leva o turista a percorrer as ruas e ladeiras da cidade, passando pelos principais pontos turísticos: a Capela das Mercês e a Igreja Matriz de São Luis de Tolosa, reconstruídas após a enchente de 2010 que devastou a cidade, o Mercado Municipal, a Casa e Museu Dr. Oswaldo Cruz e a Igreja de Nossa Senhora do Rosário.

Além do patrimônio histórico, a cidade é rica em patrimônio imaterial, representado por costumes e tradições dos séculos passados. É conhecida também pelas manifestações religiosas populares e a principal delas é a Festa do Divino Espírito Santo, onde o visitante irá desfrutar gratuitamente do famoso “afogado”, a base de carne cozida, típico da gastronomia caipira. A programação cultural e religiosa da festa é completa, com o encontro das bandeiras, o império, a novena do Divino, a cavalhada, apresentações dos grupos de Moçambique, Jongo e Congada, o pau de sebo, o desfile dos bonecões João Paulino e Maria Angú, shows musicais, entre outros. 

Além da grandiosa Festa do Divino, a cidade tem ao longo do ano, outras manifestações religiosas e folclóricas, tais como a Semana Santa, Corpus Christi, o Festival Junino Chi-Pul-Pul, a Festa do Saci, o Festival da Cozinha Caipira, etc. Mas nenhuma se compara ao Carnaval de Marchinhas, a mais original e espontânea folia de rua do país, embalada ao som deste tipo de música carnavalesca, composta por artistas locais. Nesta festa colorida, precedida pelo Festival de Marchinhas, os foliões locais, em seus blocos coloridos no chitão das fantasias, dividem o espaço da cidade com milhares de visitantes vindos de todos os cantos, cantando e contando um pouco da história local, de seus mitos, costumes e personagens.

Dos atrativos naturais, destaque para o Núcleo Santa Virgínia, no Parque Estadual da Serra do Mar e o Núcleo Santa Virgínia. Com extensão de 17.500 hectares, sua área compreende os munípios de São Luiz do Paraitinga, Natividade da Serra, Cunha, Ubatuba e Caraguatatuba. As florestas protegidas do núcleo ajudam na preservação dos mananciais importantes para o abastecimento de água das cidades do Vale do Paraíba e Rio de Janeiro.

Há também outros atrativos no município, tais como trilhas, picos, mirantes e cachoeiras com inúmeras quedas d’água. Nas atividades ligadas ao ecoturismo, podemos destacar a prática do rafting, as trilhas, as cavalgadas, os passeios de bicicletas e arborismo. Diversas competições de rally, bike, triatlo e outras, acontecem ao longo do ano na zona rural do município.

Como se pode notar, não faltam atrativos para encantar os visitantes da cidade.

Compra Antecipada!

Reserve com pelo menos 60 dias de antecedência e obtenha 12% de desconto.

Diárias a partir de

R$ 514

em até 10X

Ver Detalhes

São Luiz do Paraitinga, do natural ao cultural

O que fazer em São Luiz do Paraitinga, a mais brasileira das cidades paulistas? Do natural ao… ...

Saiba Mais

Serenata

Noites de serenata em São Luis do ParaitingaNa segunda metade do século XIX uma grande onda… ...

Saiba Mais

Memória

    Saiu a escola, entrou a biblioteca, ficou a saudade!         … ...

Saiba Mais
Ver mais notícias